Brasil e o progresso que nunca chegou

Por Lucas Kobayashi

Nenhuma descrição de foto disponível.








Vivemos em uma nação que, historicamente, é chamada de país do futuro, mas que jamais aprendeu com seu passado para que pudesse ao menos ter progresso no presente. Após 519 anos de descoberta (pilhagem), ainda vivemos em uma das sociedades mais injustas, racistas, machistas, misóginas e patriarcais que se possa imaginar.
A ascensão do atual governo federal é reflexo direto desta bagagem irracional de sociedade colonial que vigora. "País" onde bate-se continência para a metrópole e sujeita os locais ao privilégio da servidão no escravismo moderno que ocupa-se a condicionar a mesma população preta e pobre numa total subordinação às elites golpistas.
Mediante a tão absurda situação, precisamos construir opções divergentes às ideias do ultra neoliberalismo consumidor de nossas vidas. Tal revolução exige que identifiquemos, internamente, cada preconceito e ação irresponsável que reproduzimos, ainda que não intencional, para, então, pensar em como podemos modificá-las coerentemente com o que desejamos para a sociedade.
A auto reeducação talvez seja a barreira mais difícil a ser vencida, mas também a mais urgente e necessária. Através disso, podemos superar o trecho da letra de Elis Regina que canta "ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais".
Assim, revolucione-se para revolucionar seu meio!


Brasil e o progresso que nunca chegou Brasil e o progresso que nunca chegou Reviewed by FORA DA ORDEM BRASIL on 15:17 Rating: 5

Um comentário